5 dicas para ter mais indicações de pacientes

A indicação é uma ótima forma de conseguir mais pacientes, bem como uma ótima forma de medir a qualidade do seu serviço e atendimento. Afinal, um paciente só indica um dentista quando tem confiança no seu trabalho.

Apesar de ser um trabalho árduo, existem formas de garantir cada vez mais indicações de pacientes. Lembrando que os resultados não surgem da noite para o dia, mas que podem ser duradouros, uma vez que o marketing de indicação seja bem trabalhado no seu consultório odontológico.

Pensando nisso, separamos 5 dicas para ter mais indicações de pacientes na sua clínica odontológica. Então se você quer saber mais sobre esse assunto, continue lendo esse post.

Dica 1: Aprimore a experiência do paciente

Se você quer ter mais indicações de pacientes, a primeira questão que você deve se atentar é a experiência do cliente no seu consultório odontológico.

Afinal, ninguém indica um serviço onde não foi bem tratado e recebido. É importante reforçar que a experiência do paciente não se dá apenas no momento em que o paciente está no consultório, mas desde o primeiro atendimento por telefone ou redes sociais.

Nesse sentido, é essencial que a sua equipe esteja alinhada com o padrão de atendimento de excelência que você busca na sua clínica. Por isso, é primordial treinar os seus colaboradores. 

De nada adianta você oferecer o melhor atendimento possível, se a sua secretária ou recepcionista deixa a desejar. Portanto, invista em treinamentos para que a experiência do paciente no seu negócio seja sempre a melhor. Isso, com certeza, vai ajudar a aumentar o número de indicações na sua clínica.

Dica 2: Se atente ao pós-consulta

A segunda dica para ter mais indicações de pacientes, é se atentar ao pós-consulta. Um erro de muitos dentistas, assim como outros profissionais de saúde, é achar que depois da consulta não é preciso se comunicar com o paciente. 

E isso acaba afetando a fidelização dos pacientes, e por consequência, o número de indicações que você recebe. O paciente precisa se sentir especial na sua clínica, e não apenas mais um. Mandar mensagem no pós-cirúrgico, no aniversário, ou em alguma outra data comemorativa, é uma forma de se manter próximo ao seu paciente

Por isso, tenha um bom pós-consulta na sua clínica.

Dica 3: Tenha um bom relacionamento com os colegas de profissão

Uma outra forma de conseguir indicações de pacientes, é através de colegas de profissão. Na odontologia, devido ao grande número de especialidades existentes, essa é uma ação corriqueira. 

Mas para que seus colegas se lembrem de você e indiquem o seu trabalho ao paciente, é importante ter um bom relacionamento com outros dentistas que atuam na sua região e cidade.

Uma forma de nutrir essa relação é participar de congressos, eventos, workshops, aulas, entre outras atividades relacionadas. Assim, você será reconhecido e lembrado na hora das indicações.

Outra forma de receber indicações de pacientes de outros dentistas é ter uma boa rede de contatos, ou seja, o famoso networking. Mantenha-se próximo a colegas da faculdade, das especializações, e de outros ambientes. Com essas ações, é muito mais fácil ter mais indicações no seu negócio.

Dica 4: Estimule as indicações

As indicações de pacientes devem ser feitas de maneira espontânea. Afinal, é uma situação muito incômoda pedir que seu paciente indique o seu serviço, especialmente se esse é um paciente novo. Contudo, existem formas de estimular as indicações sem, necessariamente, pedir que seu paciente o indique.

Algumas dessas formas de estimular as indicações são:

  • Pedir feedback ao final do atendimento (se for nas redes sociais, como o Google Meu Negócio, melhor ainda)
  • Se mostrar disponível ao paciente 
  • Produzir conteúdo de valor nas redes sociais (compartilhamento de conteúdo também pode resultar em uma indicação)
  • Ofereça brindes
  • Aposte no marketing certeiro

Essas ações podem fazer toda a diferença no momento da indicação, e trazer ótimos resultados para o seu negócio.

Dica 5: Faça pesquisas

Por último, mas não menos importante, faça pesquisas. Essa é uma ótima forma de medir se o seu paciente indicaria o seu serviço para outra pessoa, especialmente com a pesquisa NPS. Depois atender ao seu paciente, peça que ele responda:

Em uma escala de 0 a 10, o quanto você indicaria nosso consultório para um amigo?

A partir da resposta dele é que você vai classificar este paciente:

  • Detrator (nota de 0 a 6)
  • Neutro (nota de 7 a 8)
  • Promotor (nota de 9 a 10)

O promotor é o que tem mais tendência a indicar seus serviços a um amigo, ou para a família. Com essa pesquisa, é muito mais fácil medir e estimar possíveis indicações de pacientes.

 

Esse conteúdo foi escrito pelo Blog Dental Office, especializado em conteúdo para dentistas, clínicas e consultórios odontológicos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*