6 dicas alimentares para melhorar o desempenho sexual

6 dicas alimentares para melhorar o desempenho sexual

Você sabia que, entre os muitos benefícios da aveia, está o de aumentar a libido e melhorar o desempenho sexual? Para isso podemos tomar com mel, duas vezes ao dia.

Existem alguns alimentos que, devido à sua composição química, atuam como estimulantes e auxiliam na melhora do desempenho sexual sem a necessidade de produtos de um bom sexshop. Portanto, incluí-los na dieta, com moderação, e manter outros bons hábitos de vida, pode ajudá-lo a desfrutar mais na cama.

No sexo, nem tudo gira em torno de escolher uma posição, tamanho do pênis, vibrador ou experiência. Na verdade, há vários fatores a serem levados em consideração, incluindo a dieta de cada pessoa.

Bom desempenho sexual

O desempenho sexual é condicionado por fatores físicos e emocionais que variam de acordo com os hábitos de cada pessoa. A falta de encorajamento e encorajamento, assim como o mau humor, são causas diretas da diminuição do apetite sexual no casal.

Porém, além desse tipo de coisa, é conveniente saber que a comida tem um papel muito importante. Na verdade, pode fazer ou quebrar esse aspecto. Nesse sentido, as deficiências nutricionais devem ser levadas em consideração. Alguns causam não apenas problemas de saúde, mas também baixa libido.

Aqui, queremos compartilhar 6 dicas dietéticas interessantes que podem influenciar positivamente sua vida sexual. Mantenha-os em mente!

6 dicas para melhorar o desempenho sexual

1. Incremente o consumo de vitamina E

A vitamina E é considerada uma das mais necessárias para o que fazer na atividade sexual. Este nutriente  ajuda a equilibrar os níveis de estrogênio nas mulheres, de  acordo com um estudo publicado na revista Menopausa. Isso evita desequilíbrios e sintomas como ansiedade, inflamação e estresse.

Entre seus benefícios sexuais, deve-se notar que:

  • Aumente a libido;
  • Melhora a fertilidade;
  • Melhora o fluxo sanguíneo;
  • Reduz ou previne a formação das placas responsáveis ​​pela curvatura do pênis.

Alguns dos alimentos que o contêm são:

  • Repolho roxo;
  • Aceite de oliva;
  • Gema de ovo;
  • Germe de trigo;
  • Pimenta picante;
  • Cereais e pães integrais;
  • Amêndoas e frutos secos;
  • A uva e o extrato de suas sementes;
  • Óleos vegetais (soja, amendoim, arroz, coco).

2. Consuma frutos secos

Consumir um punhado de nozes por dia é um excelente hábito para manter o apetite sexual ativo. Estes contêm um aminoácido chamado L-arginina, associado a uma boa circulação sanguínea. É assim que os órgãos reprodutivos masculinos e femininos se beneficiam.

Por outro lado, as nozes são ricas em zinco. A deficiência desse mineral pode causar uma diminuição na produção de testosterona que afeta a libido, de acordo com o jornal Metabolismo.

Os mais proeminentes são:

  • As nozes;
  • O amendoim;
  • As amêndoas;

3. Coma mais chocolate

O consumo de chocolate foi listado como afrodisíaco natural em milhares de culturas ao redor do planeta. O cacau com que é feito contém fibras, minerais e vitaminas que fornecem energia ao corpo e promovem a atividade cerebral.

Depois de consumido, aumenta a secreção de endorfinas no cérebro , o que provoca uma sensação de prazer. Portanto, comê-lo em porções moderadas protege o cérebro, aumenta a libido e pode reduzir os episódios de ansiedade.

Um artigo publicado no Journal of Affective Disorders enuncia as propriedades do cacau quando se trata de reduzir o risco de sofrer de depressão.

4. Desfrute de um abacate todos os dias

O abacate é considerado um superalimento. Destaca-se do ponto de vista nutricional pelo alto teor de gorduras insaturadas e substâncias antioxidantes. Incluí-lo na dieta diária protege a saúde cardiovascular e influencia positivamente as relações sexuais. Pode-se dizer que ajuda a melhorar a potência e a vitalidade.

Contém 20 nutrientes essenciais e fibras alimentares, que fornecem energia ao corpo ao mesmo tempo que fortalecem as suas funções principais. Na verdade, o abacate é uma fonte significativa de nutrientes, como:

  • Vitaminas A C, D, E y K;
  • Vitaminas do complexo B;
  • Potássio e magnésio;
  • Ácidos graxos essenciais.

5. Inclua mais frutas vermelhas em sua dieta

No catálogo de alimentos afrodisíacos, as deliciosas frutas vermelhas se destacam pelo conteúdo nutricional e pelos efeitos no desempenho sexual. Os homens que os consomem regularmente reduzem as chances de apresentar desequilíbrios nos níveis de testosterona.

Além disso, eles também melhoram seu sistema circulatório. Isso aumenta o fluxo sanguíneo nos órgãos genitais, melhorando a potência e o desempenho sexual. No caso das mulheres, também são benéficas. Além de melhorar a libido, também estão relacionados à fertilidade.

Ainda assim, os estudos que associam o consumo de frutas vermelhas à libido e à fertilidade são feitos em animais. Por esse motivo, os resultados não podem ser totalmente extrapolados para humanos e mais ensaios são necessários.

6. Não se esqueça da farinha de aveia

A aveia é um dos alimentos essenciais na dieta alimentar devido à riqueza nutricional que proporciona ao organismo. Além de ser o cereal mais completo, é também um dos ingredientes com mais propriedades energéticas.

Na Roma antiga, foi descoberto que ela tem efeitos sobre o desempenho sexual. Essa cultura chamou de ‘aveo’, que significa desejo. Posteriormente, os efeitos da aveia sobre a libido foram estudados, chegando-se à mesma conclusão. Por esse motivo, é incluído nos alimentos afrodisíacos pela literatura científica atual.

A melhor maneira de fazer isso é com a seguinte receita:

Ingredientes

1 copo de água (200 ml)

5 colheres de chá de mel (25 g)

3 colheres de sopa de aveia em flocos (30 g)

Preparação

Primeiro, leve o copo de água para ferver, adicione a aveia e deixe descansar por algumas horas.

Depois, após o tempo indicado, adoçar com um pouco de mel.

Distribua-se por duas porções ao dia (de manhã e à noite).

Um pouco de aveia, bons hábitos e você ganha!

Todas essas dicas alimentares são uma forma muito simples de manter um bom desempenho sexual e também uma melhor qualidade de vida. Vá em frente e inclua-os na sua rotina e veja com o passar dos dias que são excelentes opções para se cuidar.

No entanto, no caso de qualquer problema de fertilidade ou falta de apetite sexual, é melhor consultar um especialista para avaliar a possível existência de um problema subjacente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*