Arrancar dente siso é perigoso? Tire aqui as suas dúvidas!

dente

A verdade é que ninguém gosta de fazer intervenções na boca, e fica aquela dúvida: será mesmo que é preciso tirar esses dentes? Não seria uma intervenção perigosa?

Esse assunto é cercado de mitos e dicas populares, todos ouvimos falar que esses dentes podem trazer muitos problemas. Mas para acabar com esse medo, é preciso informação, ela é fundamental para que não sejamos levados pelos mitos.

Existem algumas pessoas que não possuem o dente siso, mas para você que não nasceu privilegiado e tem carregado o terceiro molar, trouxemos um conteúdo incrível que irá esclarecer suas dúvidas sobre esse assunto.

O que são os dentes sisos?

Os dentes sisos são conhecido popularmente como dente do juízo, apelido esse que se deu pelo fato de eles nascerem quando a pessoa tem entre 16 e 20 anos, ou terceiro molar, é um dente molar que costuma aparecer na cavidade bucal quando já estamos no final da adolescência ou no começo da idade adulta.

Eles estão localizados no final da cavidade dental, sendo no total, quatro dentes sisos, dois na parte superior e dois na parte inferior.

Por serem os últimos a nascer, geralmente, não há espaço suficiente na boca para acomodá-los, e é esse fato que acarreta desconfortos, tendo a pessoa que buscar ajuda para lidar com eles.

Por que o dente do siso pode causar dor?

Essa é uma outra questão a ser esclarecida.

Como falado anteriormente, o fato de não haver espaço suficiente para acomodá-los, causa diversos problemas na pessoa. Como:

  • Inflamação nos tecidos moles ao redor do dente;
  • Enxaquecas;
  • Dores no maxilar;
  • Dores no ouvido;
  • Desconforto para comer.

Quando isso começa a acontecer, é preciso procurar um profissional cirurgião-dentista, ele é habilitado para avaliar o que está acontecendo, descobrir a causa da dor e determinar quais os procedimentos necessários para tratá-la.

Outro ponto é que, por estar localizado num local de difícil acesso na boca, sua higienização pode ser comprometida. Isso facilita o acúmulo de bactérias e os restos de comida na região, permitindo assim, grandes chances de lesões de cárie ou de inflamar a gengiva.

É sempre necessário retirar o siso?

Muitos especialistas afirmam que o melhor momento para extrair os sisos, é com a idade entre 15 e 18 anos, quando geralmente, eles ainda não irromperam. Mas a verdade é que muitas pessoas só procuram um cirurgião-dentista apenas quando o siso já rasgou a gengiva e está provocando dor.

A extração do dente siso nem sempre é necessária, há casos de pessoas que não apresentaram problemas para acomodar os dentes na mandíbula e conseguem manter uma boa higiene desses dentes mesmo estando em um local difícil.

Se o dente não apresenta nenhum problema ou desconforto, não há razão para extraí-lo.

Agora, em casos de pericoronarite (processo infeccioso agudo caracterizado por inflamação do tecido gengival), a extração é a solução mais indicada para tratar essa situação.

A extração do siso também é indicada, e se faz necessária, quando eles atrapalham o alinhamento dos dentes ou irrompem mal posicionados, podendo causar compressão e lesões.

Há casos em que o paciente começa a morder a bochecha regularmente, por conta do posicionamento do siso e isso causa uma lesão, então é preciso que esse dente seja extraído.

Arrancar dente siso é perigoso?

A extração do siso é uma extração dentária que pode ser mais extensa e difícil, já que o dente pode conter raízes curvas ou ainda estar dentro da gengiva.

Nesses casos, será preciso fazer uma incisão até que o dente esteja exposto para que seja extraído.

Geralmente, o cirurgião-dentista solicita exames de imagem para visualizar a condição do dente e qual é sua relação com as estruturas adjacentes na cavidade bucal.

É importante que a cirurgia seja feita quando o paciente não estiver sentindo dor, nesses casos, o cirurgião-dentista pode prescrever alguns medicamentos antes da cirurgia, para que o paciente saia do quadro agudo de dor e possa, assim, passar pelo procedimento de extração.

O tempo do procedimento pode variar bastante, essa extração depende do posicionamento do dente.

Você não precisa ter medo da cirurgia

Apesar do tempo variar muito, esse procedimento é considerado simples, é seguro e com grandes chances de sucesso, por isso que não é preciso ter medo do dentista de passar por esse procedimento.

Na hora da extração, o cirurgião-dentista irá anestesiar a região, então você não vai sentir nenhuma dor durante esse processo.

Mesmo após terminar o efeito da anestesia, a dor resultante da extração, pode ser aliviada com medicamentos que o próprio profissional irá prescrever.

Situações de extração de dente siso que podem ser complicadas

Existem dentes cujas raízes são curvas, nesse caso, o cirurgião-dentista terá mais trabalho para conseguir extraí-los porque a raiz estará bem presa.

Quando isso acontece, o paciente precisa ter paciência e confiar no profissional para que ele consiga extrair todo dente sem quebrar a raiz.

Outra situação que pode acontecer é justamente essa, quebrar a raiz.

Se o resto da raiz é menor que 3 mm, então o dentista pode optar por não a retirar, já que, se tentar, há chances de causar uma lesão no nervo.

Outro problema é se o indivíduo tiver doença sistêmica, ou seja, uma doença que afeta todo o corpo e não apenas um órgão ou região.

Alguns exemplos de doença sistêmica são: gripe, hipertensão e infecções que podem estar na corrente sanguínea.

Caso o paciente tenha alguma doença assim, o risco de complicações no momento da extração, é maior. Esse tipo de operação demandará ainda mais cuidado.

Posso extrair mais de um dente em uma única cirurgia?

Bom, não há nenhuma contraindicação em relação a extrair mais de um dente siso de uma vez. Apesar de ser possível, os profissionais não costumam fazer isso, geralmente fazem um dente por vez ou dois por vez.

Até porque, a recuperação seria um pouco mais demorada e o paciente teria muita dificuldade para se alimentar caso opte por retirar os 4 sisos de uma vez.

Quantos dias para se recuperar da extração do siso?

A recuperação é bem mais rápida do que outras cirurgias, varia entre 3 dias e uma semana.

Algumas pessoas têm necessidade de fazer repouso após o procedimento, isso porque, apesar de ser uma extração ainda caracterizada como cirurgia. E como depois de qualquer cirurgia, o repouso é necessário.

Após a extração do dente, alguns cuidados são essenciais para que o resultado seja o melhor possível.

Em muitos casos, a pessoa fica entre três e quatro dias sentindo desconforto nas regiões onde o dente foi extraído e tendo que se alimentar com alimentos menos sólidos, porém, a recuperação é tranquila e passado esse período de três ou quatro dias, já é possível se alimentar melhor.


Conclusão 

Percebeu que extrair o siso é mais fácil do que imagina?

Apesar de ser uma cirurgia, que demanda cuidados antes, durante e depois, a recuperação é rápida, os cuidados são simples e você se livra de um dente que pode trazer muitos problemas.

E para não precisar resolver tudo sozinho, conte sempre com uma Plano Odontológico que lhe trará toda comodidade para cuidar da saúde bucal.

 

Conteúdo desenvolvido pela Facilita Seguros  a corretora que descomplica a sua vida!

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*