Como emagrecer de maneira saudável: dicas de exercícios

Grande parte das pessoas que iniciam uma atividade física tem o objetivo de emagrecer. Seja para ter um corpo mais magro, ou por questões de saúde, o emagrecimento é um processo que demanda dedicação e comprometimento.

Isso porque não basta somente se matricular em uma academia, ou começar treinos de corridas intensos, sem antes consultar um médico para conhecer as limitações de cada corpo.

Ademais, as atividades físicas devem ser feitas em conjunto com uma dieta equilibrada, que leva em consideração as metas do indivíduo e a manutenção da saúde.

Ou seja, a chave para emagrecer é ter um bom acompanhamento, com exercícios que promovem o gasto calórico e uma dieta balanceada para a nutrição do corpo.

No entanto, existem alguns treinos mais intensos, que promovem uma perda de peso mais rápida e, ao mesmo tempo, ajudam a fortalecer o corpo.

Ao lado disso, é possível complementar a alimentação com suplementos, que ajudarão na tonificação muscular e na saciedade.

Os melhores exercícios para perder peso rápido

Um dos melhores exercícios para a perda de peso é a aula de dança para emagrecer. Dançar é uma ótima atividade que, além de ajudar no emagrecimento, também fortalece os músculos.

Durante 1 hora de aula de dança de salão, por exemplo, é possível queimar aproximadamente 300 calorias. Nas aulas de forró, uma dança muito animada, a perda é ainda maior: cerca de 400 calorias por hora; e na zumba, 800 calorias por hora.

As aulas de dança também são ótimas para a flexibilidade do corpo, mesmo para pessoas que nunca fizeram nenhuma atividade física.

Outra vantagem está na diversão, pois a dança estimula o contato com outras pessoas, melhorando o astral e permitindo a socialização. Vale ressaltar que é possível encontrar muitos modelos de dança, como o axé, salsa, tango, entre outros.

Fora as aulas de dança, outros exercícios que ajudam na perda de peso são:

  • Muay thai;
  • Spinning;
  • Corrida;
  • Power Jump;
  • Body Pump.

Importante destacar que, dependendo da condição de cada indivíduo (em especial, os cardiopatas), é necessário consultar um médico antes de iniciar as atividades físicas elencadas acima, principalmente, porque são de alta intensidade.

Em casos especiais, é possível combinar séries de exercícios personalizados, que ajudam no emagrecimento saudável.

Os suplementos ajudam na perda de peso?

Muitas pessoas que iniciam aulas na academia têm dúvidas quanto ao uso de suplementos, como o whey protein para emagrecer.

Engana-se quem acha que o suplemento proteico é somente para o ganho de massa muscular, pois ele pode sim ajudar no emagrecimento.

O Whey Protein é um suplemento oriundo da proteína do leite, rico em proteína de alto valor nutricional, para aumento da massa magra.

Por isso, ele é usado por muitas pessoas que fazem musculação. No entanto, quanto mais massa muscular, há mais gasto de energia e, consequentemente, maior queima de gordura. Ou seja, o whey protein promove maior gasto calórico diário, o que é ótimo para a perda de peso.

Além disso, o suplemento pode ser usado em inúmeras receitas, substituindo os carboidratos. Com isso, aumenta-se o número de proteínas na refeição, que atuam como termogênicos e aliados no emagrecimento.

O whey pode ser usado como shake pré treino, para fornecer energia durante a prática de musculação e exercícios físicos.

O consumo de whey pode ser feito em horários estratégicos, como em lanches intermediários (em doses fracionadas ou total, dependendo da dieta de cada um).

Isso ajuda no controle do apetite nas refeições seguintes e essa é outra vantagem do suplemento para a perda de peso.

Quer dizer que o whey oferece uma sensação de saciedade, por isso, quem consome whey tende a reduzir o apetite, o que auxilia no controle da ingestão de calorias.

Por esse motivo, recomenda-se a ingestão do suplemento não somente no pre treino, mas também no pós, como substituição de refeições.

Contudo, é importante ressaltar que não basta tomar whey todos os dias para perceber a perda de peso. Para pessoas com esse objetivo, é necessário conhecer os riscos do suplemento, como o efeito contrário, que é o ganho de peso.

Sendo assim, recomenda-se que a ingestão de whey protein seja feita com acompanhamento especializado, por médico ou treinador, que orientará o horário e a quantidade certa de consumo do suplemento.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*