Ecofriendly: aderindo a uma vida mais sustentável

Ecofriendly: aderindo a uma vida mais sustentável
Ecofriendly: aderindo a uma vida mais sustentável

Você busca desenvolver hábitos mais saudáveis e deseja ter uma vida mais equilibrada, reduzindo os impactos do seu consumo para o meio ambiente? Veja algumas dicas para começar a fazer isso!

Com o avanço da catástrofe climática, visto na última década, cada vez mais tem se falado sobre a importância de se desenvolver hábitos que tenham o menor impacto possível sobre a natureza e, consequentemente, sobre a comunidade humana.

Nesse contexto, cresce a busca de pessoas de várias culturas e lugares do mundo para ter um estilo de vida mais equilibrado e amigável com o meio ambiente, reduzindo impactos e mudando a relação com o consumo — essa é a definição de ecofriendly.

Esse estilo de vida também se preocupa com as toxinas eliminadas na natureza ao longo do processo produtivo e busca produtos que são produzidos com menos água e sem pesticidas.

Por isso, investir em produtos como tecido ecológico é fundamental. Veja a seguir algumas dicas básicas para aderir a uma vida ecofriendly!

 

Reduza o consumo de carne

Muita gente acredita que não se pode viver um único dia sem comer carne, mas esse é um hábito que pode (e precisa) ser revisto. Não comer carne não é somente respeitar animais, mas também toda a natureza. Animais criados para serem consumidos na alimentação emitem muitos gases poluentes, que intensificam o aquecimento global.

Outros fatores problemáticos sobre essa produção são o desmatamento de florestas (que são transformadas em pasto) e a utilização de bastante água em seu processo produtivo. 

Que tal reduzir o consumo de carne aos poucos, começando por ficar um dia sem ingeri-la? Em vez disso, que tal acrescentar mais verduras, fibras e legumes na sua dieta? Nutrientes como o ferro não provêm apenas de carnes, mas também podem ser obtidos a partir do consumo de leguminosas, verduras de cor verde escura (como couve e brócolis), oleaginosas e frutas secas.

 

Priorize produtores locais 

Uma vida ecofriendly também prioriza comprar de produtores locais, que tendem a ser mais preocupados com os prejuízos causados aos seres vivos (plantas, animais e humanos).

Quando se trata de alimentos, aqueles produzidos por pequenos produtores locais costumam apresentar muito mais sabor e qualidade em comparação àqueles comprados em grandes redes de supermercados. 

Essa recomendação também vale para produtos como higiene e beleza — priorize aqueles produzidos artesanalmente, que não utilizam produtos tóxicos nem são testados em animais. Além de reduzir os impactos ambientais, essa iniciativa também fomenta a economia de lugares menores que precisam diversificar sua economia.

 

Coleta seletiva

Separar o lixo corretamente é uma forma básica de cuidar do planeta. Pode parecer difícil no começo, especialmente se você vive em um lugar em que a coleta seletiva não é incentivada, mas comece fazendo a sua parte e incentive outras pessoas a fazê-la também.

Quando uma pessoa começa a adotar um hábito sustentável e mostra que isso é viável no cotidiano, isso estimula outras pessoas.

Primeiramente, é preciso separar o lixo descartável e o orgânico (restos de alimentos, como frutas, legumes e verduras). Para facilitar a organização, que tal pintar cada lata de lixo de uma cor e colocar uma etiqueta para você identificá-la mais rapidamente? Para reaproveitar restos de casca de ovo, que tal fazer uma boa compostagem?

É preciso ter cuidado na hora de descartar equipamentos eletrônicos ou peças eletrônicas — é recomendado buscar uma instituição que realize a coleta desse tipo de material e que faça o seu descarte corretamente, reduzindo, ao máximo, os impactos no meio ambiente.

Por fim, não se esqueça de reutilizar  produtos sempre que possível — potes de vidro podem ser reutilizados de diferentes formas, bem como calçados e roupas. O que não te servir mais e ainda estiver em boas condições, pode ser doado para outras pessoas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*