Equipamentos essenciais nos ambientes médicos e hospitalares

São diversos os itens e equipamentos que podem ser empregados a favor da saúde e bom bem-estar das pessoas. Quando estamos falando do contextos das clínicas médicas e dos hospitais, portanto, é importante manter a atenção para o uso de instrumentos capazes de fornecer dados precisos e o funcionamento impecável.

Sendo assim, é de extrema importância conhecer mais detalhes sobre os equipamentos que fazem parte do cotidiano de profissionais da saúde, como os médicos e os enfermeiros.

Isso porque a tecnologia é uma forte aliada na obtenção de informações, exames e diagnósticos, sendo também ideais para auxiliar de forma resolutiva em tratamentos e recuperações.

Mas quais são os itens mais importantes nesse contexto e como eles funcionam? No artigo que você confere adiante, fique por dentro da resposta para essa pergunta e confira, ainda, informações essenciais para quem quer saber mais detalhes sobre o funcionamento de alguns dos mais importantes aparelho utilizados nos hospitais e nas clínicas.

Cicloergômetro

Um exemplo de cicloergometro passivo é a mini bicicleta disponibilizada para a prática de exercícios físicos leves e moderados, sendo um importante aliado na promoção de mais saúde e qualidade de vida para pessoas que se encontram com dificuldades de locomoção, como os idosos, ou para quem está há algum tempo nutrindo hábitos característicos do sedentarismo.

Sendo assim, estamos falando de um exercitador de pernas e braços que é muito empregado em procedimentos de reabilitação, como em centros de fisioterapia e clínicas médicas. Entre as suas principais vantagens, podemos destacar:

  • Exercício dos músculos;
  • Melhoria na circulação sanguínea;
  • Eliminação de celulites;
  • Prevenção de varizes;
  • Perda de peso.

Quem está interessado em cicloergômetro comprar deve se atentar para a qualidade do utensílio e também fazer o seu uso apenas sob a devida recomendação e instrução do médico ou do fisioterapeuta, pois o manejo equivocado e a utilização sem orientação especializada pode gerar ainda mais problemas para a saúde física.

Monitorando sinais vitais

Outra função extremamente importante quando estamos falando de saúde e de bem-estar é o monitoramento dos sinais vitais de uma pessoa.

Dessa forma, um equipamento que não pode faltar nos hospitais, sejam eles públicos ou particulares, é o monitor de sinais vitais, responsável por apontar informações que vão auxiliar o médico em questão a avaliar se o paciente se encontrar com todas as funções fisiológicas normais.

Por isso, são utilizados valores de referência, de modo que o médico irá verificar a respiração, a temperatura do corpo e o nível da pressão arterial.

Inaladores

Os inaladores são muito comuns não só nos ambientes específicos da saúde, como as clínicas médicas e os hospitais, mas também em residências. Isso porque eles possuam um uso muito frequente entre as pessoas, especialmente aquelas que enfrentam doenças crônicas que inviabilizam a respiração confortável.

Nesse caso, vale destacar que o uso do inalador tem como objetivo administrar medicamentos por meio dos pulmões, garantindo alívio e a desobstrução da passagem do ar no organismo.

É muito comum que as pessoas acabem se confundindo e achem que todos os inaladores são nebulizadores, mas é justamente o contrário. Isso porque os nebulizadores são um tipo de aparelho utilizado para a inalação dos medicamentos.

Além disso, vale também lembrar que o uso desses aparelhos podem ser feito mesmo sem a necessidade de administrar um medicamento, pois se sabe que a simples inalação de vapores quentes em alguns casos já pode gerar uma sensação de alívio muito grande e fazer toda a diferença na recuperação em casos como os de sinusite.

No entanto, a consulta médica é primordial para que seja possível utilizar o aparelho de modo adequado e conforme as suas necessidades.

Medindo a pressão

Um aparelho de pressão fundamental para o cotidiano dos hospitais e dos consultórios médicos é o esfigmomanômetro, que é aquele item utilizado em praticamente todas as consultas.

Você certamente se lembra do médico envolvendo o seu braço com uma tira de pano ligada que oferece capacidade de pressão e é conectada a um sistema de apontamento de dados, não é mesmo?

O mais importante é garantir o uso de itens devidamente higienizados e que possam fornecer o máximo desempenho em qualidade.

Do algodão empregado em ferimentos ou demais circunstâncias aos medidores cardíacos, tudo deve passar por um controle rigoroso antes de ser empregado para diagnósticos e exames.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*