O que é consagração e devoção?

Mão com rosário e bíblia para consagração

Neste artigo, vamos falar de maneira simples as fórmulas possíveis para a bênção das cadeias de consagração ou correntes.

As correntes são como sinal da consagração de amor a Jesus Cristo e a Nossa Senhora.

O que são cadeias de Consagração

Quando as cadeias de consagração aço inox são abençoadas por um padre, são sacramentais, e é um sinal que podemos ver de uma realidade invisível, que é a consagração. 

O indicado é que os consagrados a Virgem Maria usem correntes de ferro, que não sejam correntes de ouro, prata ou outro metal precioso, pois não podem ser brilhosos.

É admirável para aqueles que se fazem escravos de Jesus em Maria, que abram mão de usar uma corrente de ouro bonita e com muito brilho, para usarem correntes de ferro, pois elas não são tão bonitas esteticamente, e não possuem brilho nenhum.

Elas tem como significado o fim da escravidão com o pecado, e antes não tínhamos vergonha de levar as correntes do pecado por todos os lugares, agora também não devemos nos envergonharmos de mostrar nossa escravidão por amor a Deus.

Os sinais externos também são uma forma de louvar e glorificar a Deus, como também é o nosso corpo.

Assim, é preciso adotar essa postura e glorificá-lo independentemente do ambiente, seja em um escritório de advocacia Goiânia ou em outro ambiente. Inclusive, até mesmo esses locais podem contar com objetos de cadeia consagrados.

Tipos de cadeias de consagração

Quanto à parte do corpo onde usar as cadeias de consagração, cada pessoa é livre para escolher. 

O próprio São Luís dá alguns exemplos de onde usar as correntes e o significado:

  • Nos pés, como sinal de servidão;
  • No pescoço, como penitência (em comparação a outros objetos);
  • Nos braços, para não esquecer do compromisso de consagração e escravidão.

Contudo, além disso, é possível usar as cadeias em outras regiões do corpo, como:

  • Dedos;
  • Pulso;
  • Braço;
  • Pescoço;
  • Tornozelo;
  • Cintura.

O que é consagração?

Consagrar significa dedicar algo ou alguém a Deus. Assim, quando uma pessoa é consagrada a Deus, ela está dedicada ao trabalho de Deus.

A consagração é uma ação importante, que marca uma transformação na vida de uma pessoa. Isso porque, se consagrar a Deus significa abandonar o pecado e se dedicar a fazer tudo que agrada a Deus.

Essas ações não devem ser feitas para agradar aos homens ou para ser visto por alguém, isso seria vaidade.

Mas devem se fazer diante dos homens com o objetivo de agradar a Deus e o fazer glorificar, sem a preocupação do desprezo ou louvor dos homens.

De certa forma, as cadeias de consagração são de ferro, um pouco “feias” e sem brilho, mas o seu significado é muito maior e mais importante.

As correntes são como sinal da consagração de amor a Jesus Cristo e a Nossa Senhora, e essa maneira da consagração ou escravidão de amor a Jesus Cristo e a Nossa Senhora tem causado curiosidade e até dúvida em algumas pessoas, especialmente pelo uso das cadeias por parte de alguns fieis.

Algumas dessas cadeias podem passar sem serem percebidas, pois são bem simples e sem nenhum brilho, mas, outras podem chamar mais a atenção, por serem de ferro e mais grossas.

Algumas trazem a lembrança da escravidão e isso, pode causar reações não muito agradáveis, pois, muitas pessoas tem uma visão errada, ou desconhecem o verdadeiro significado da consagração e do uso dessas correntes.

Uma sacris acessória de empresa trabalha com a acessórios de produtos conhecidos, como por exemplo as vantagens dos carros movidos a água

Qualquer pessoa pode usar a cadeia de consagração?

Usar uma cadeia de ferro, em sinal da devoção à Santíssima Virgem Maria sem ter feito a consagração não é indicado.

Do mesmo modo, entende-se que fazê-lo sem ter lido o tratado é inadequado, visto que não há o conhecimento e a vivência da devoção, não compreendendo o real sentido do uso da corrente.

O que é necessário para servir Nossa Senhora?

Primeiramente precisamos esclarecer o que é ser escravo da Virgem Maria, pois existem pessoas que tem uma visão negativa da escravidão e isso pode dificultar a compreensão do que é a consagração.

Ser consagrado ou escravo de Jesus em Maria significa pertencer ao Filho de Deus por intermédio de Mãe Santíssima.

Pertencemos a Cristo e a Nossa Senhora como verdadeiras propriedades e nisso a consagração tem uma semelhança com à escravidão, pois os escravos também pertenciam aos seus senhores.

Entretanto, a relação entre senhor e escravo não é a mesma na consagração, pois esta é uma escravidão de amor.

Na escravidão que havia antigamente, o senhor comprava o escravo por dinheiro e tornava-se seu dono, para lucrar com ele ou apenas para usá-lo para o trabalho.

No caso de nós cristãos, Jesus Cristo não nos comprou com dinheiro, mas com seu próprio sangue na Cruz, o Senhor deu sua vida por amor a cada um de nós, por isso pertencemos a Ele, em resposta, na consagração, nos entregamos totalmente como escravos, para amar e servir Aquele que nos amou primeiro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*