O que você precisa saber sobre a cirurgia bariátrica

Se você deseja fazer uma cirurgia bariátrica e está procurando por mais informações, você veio ao lugar certo!

No post de hoje vou falar tudo o que você precisa saber antes de fazer sua bariátrica.

A cirurgia bariátrica é um procedimento recomendado para tratar casos mais graves de obesidade. 

Conhecida também como redução do estômago, essa cirurgia tem como objetivo mudar a forma original do órgão e diminuir sua capacidade de reter os alimentos, dificultando assim o acúmulo de calorias.

A obesidade é um excesso de gordura no corpo que pode prejudicar a qualidade de vida e a saúde de uma pessoa. 

Algumas das causas da obesidade podem ser:

  • Ingestão excessiva de alimentos;
  • Falta de atividade física;
  • Tendência genética;
  • Problemas hormonais.

O estômago de uma pessoa que não foi operada tem capacidade para consumir aproximadamente 1,5 litro de alimentos. 

Já um estômago pós-bariátrico tem capacidade para 25 ml a 200 ml.

A cirurgia promove uma sensação maior de saciedade, o que diminui a vontade de comer, sendo a redução o maior responsável pelo emagrecimento.

Quem pode fazer a cirurgia de bariátrica?

A cirurgia bariátrica é indicada para pessoas obesas com o Índice de Massa Corporal, o IMC, acima de 40.

Por exemplo, uma pessoa com altura de 1,70, e com 116 quilos ou pessoas que tenham IMC acima de 35, doenças como diabetes, colesterol alto, hipertensão, hérnia de disco e gordura no fígado. 

O Ministério da Saúde também recomenda a bariátrica para casos de transtorno psiquiátrico, o uso de drogas, bebidas alcoólicas ou doença cardíaca ou pulmonar.

Vantagens da bariátrica

Além da perda de peso, a cirurgia bariátrica também traz benefícios como a cura de algumas doenças:

 

  • Hipertensão arterial;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Insuficiência respiratória;
  • Asma;
  • Diabetes;
  • Colesterol alto.

 

A cirurgia também auxilia em ações psicológicas, diminuindo o risco de depressão, pois com a perda de peso, a pessoa além de ter uma qualidade de vida melhor, tem um aumento da autoestima aumentando a energia e o ânimo de fazer alguma atividade física.

Antes de tudo, nunca se precipite tomando remédios sem consultar seu médico, pois só quem pode indicar o que você deve fazer, é um especialista na Área. Em consultórios, sempre presenciamos mulheres tomando misoprostol original online, e pensando você acabará com o problema, mas isso não funcionará.

Tipos de cirurgia bariátrica

O tipo de cirurgia adequada deve ser escolhido entre a pessoa e o médico, vai depender das condições clínicas e preferências da pessoa.

1.Banda Gástrica

Este tipo de cirurgia bariátrica é menos invasiva, e funciona da seguinte maneira: 

  • Colocar uma banda, no formato de um anel ao redor do estômago, para que ele diminua o seu tamanho original.

Esse anel tem a função de causar  sensação de saciedade, contribuindo para que a pessoa possa ingerir uma quantidade menor de alimentos e de calorias.

  1. Bypass Gástrico

Esse é um método de cirurgia mais invasiva, e funciona da seguinte forma:

  • O médico extrai uma grande parte do estômago e depois liga ao intestino à parte restante do estômago, diminuindo o espaço para a comida, o que auxilia na diminuição da quantidade de calorias ingeridas.

Este tipo de cirurgia proporciona ótimos resultados, permitindo perder muito peso, entretanto, tem mais riscos e sua recuperação é mais lenta. 3. Gastrectomia vertical

Ao contrário do método bypass gástrico, neste tipo de cirurgia, também conhecida como cirurgia de sleeve, funciona da seguinte maneira:

  • O cirurgião mantém a ligação natural do estômago ao intestino, retira apenas uma parte do estômago diminuindo o seu tamanho natural, o que permite uma redução da quantidade de calorias que serão consumidas.

Esta cirurgia possui menos riscos que o bypass, mas também seus resultados são menos satisfatórios, é possível perder menos peso, sendo semelhante à banda gástrica.

4.Derivação biliopancreática

Neste método, é retirado uma parte do estômago e uma maior parte do intestino delgado. 

Desta forma, a maioria dos alimentos não é digerida e nem  absorvida, permitindo uma perda de peso maior.

Entretanto, uma boa parte do intestino delgado seja retirada, a bile continua sendo liberada no primeiro pedaço do intestino delgado que é depois ligado à porção mais final do intestino delgado, de forma a que não exista interrupção do fluxo de bile, mesmo que a comida já não esteja passando nessa parte mais inicial do intestino delgado.

Seja uma pessoa saudavel em tudo, e pra isso fora do Brasil tem uma opção muito utilizada que é o exipure reviews:

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*