Quais cuidados devo ter com curativos no pós-operatório?

pós operatório

Para o tratamento cirúrgico, deve ser feita uma incisão no corpo do paciente, pequena (no caso de cirurgia minimamente invasiva) ou grande (no caso de cirurgia tradicional ou aberta). Uma cicatrização irá sempre começar com uma boa técnica de sutura pelo cirurgião.

Se você deseja aprender mais sobre pós-operatório, adquira conhecimentos por meio de um Curso de Primeiros Socorros.

A importância de boas suturas

Na verdade, a sutura é definida como sendo um momento muito importante dentro da cirurgia. Sempre quando se aproximar as bordas, ajuda a fechar a incisão o mais rápido possível, evitando que ela fique aberta para a entrada de bactérias. 

Os pontos não devem ficar muito soltos ou muito apertados. Se estiverem soltos, não funcionarão como uma borda de conexão. 

Se estiverem muito apertados, os fios podem estrangular os vasos sanguíneos, bloqueando o fluxo sanguíneo e retardando a cicatrização.

Além de um bom ponto, também existem diferenças em como os pontos são costurados. 

O corpo humano é composto por tecidos com propriedades diferentes, que podem ser frágeis, duráveis ​​ou elásticas, existem agulhas, fios, agulhas e acabamentos mais adequados a cada peça.

As habilidades de sutura de um cirurgião, aprendidas na faculdade de medicina e aperfeiçoadas ao longo de anos de experiência cirúrgica, são fundamentais para a cicatrização. 

A partir do momento em que o paciente sai do hospital, principalmente nos primeiros dias de recuperação, os cuidados com o curativo são muito fundamentais para que o processo de cicatrização ocorra rapidamente e não tenha problemas.

Entenda a importância dos cuidados com o curativo

É essencial sempre seguir todas as orientações do seu cirurgião sobre o uso ideal dos curativos e dos cuidados com a área suturada. Os médicos devem informar os pacientes:

  • Medicamentos para dor;
  • Posição correta do membro;
  • Troca de curativo;
  • Higiene das cicatrizes cirúrgicas com antisséptico;
  • O que fazer se houver dor ou secreção da incisão cirúrgica
  • Retirada dos pontos
  • Retorno às atividades diárias e atividade física.

Deixe todas as suas dúvidas de lado e tenha uma recuperação tranquila. Tenha certeza de que seu cirurgião fornecerá cuidados pós-operatórios sempre quando você precisar, pois, cuidar faz parte da cura.

Saiba mais sobre a jornada completa do paciente

Com o objetivo de sempre superar as barreiras, os médicos cirurgiões sempre devem discutir sobre a importância de sempre considerar a jornada completa do paciente.

Todos os médicos sempre devem estar cientes de todos os benefícios da cicatrização sem perturbações e eles devem sempre avaliar o processo de cicatrização, a condição que o paciente se encontra e a condição do curativo.

Por conta disso, é fundamental que os médicos sempre busquem se educar sobre as razões e sobre os benefícios de deixar o curativo no exato lugar.

Podemos destacar que outra parte da combinação de fatores que ajudam na contribuição de uma melhor adesão à cura sem perturbações é uma educação adequada.

É fundamental que sempre os médicos compartilhem a lógica e os benefícios da cura sem as devidas perturbações com os pacientes.

5 cuidados

1. Alimentação adequada

O corpo precisa de nutrientes e energia para retomar sua função normal. Em alguns casos, o profissional vai prescrever uma dieta que seja específica, porém em muitos casos as precauções gerais ajudarão. Manter-se hidratado e comer alimentos leves e facilmente digeríveis em pequenas quantidades é um bom conselho. Você deve evitar frituras, alimentos gordurosos, temperos, carne de porco ou doces para uma recuperação mais rápida. Além disso, não beba ou fume.

Alguns hospitais oferecem refeições planejadas em parceria com uma equipe de nutricionistas com o objetivo de oferecer aos pacientes as melhores opções saudáveis ​​e que tem grande ajuda na recuperação.

2. Repouso

Após a cirurgia, recomenda-se repouso para evitar desconforto físico devido à sutura e cicatrização do sítio cirúrgico. Um médico é alguém que dita períodos de descanso com base no procedimento do paciente.

Durante esse período, os indivíduos não podem se exercitar, dirigir, levantar pesos ou praticar atividade física até que a liberação médica seja obtida. No entanto, após algum tempo, é fundamental praticar exercícios respiratórios e movimentar-se para evitar infecções pulmonares e constipação.

3. Cuidados Pessoais

A manutenção da esterilidade após a cirurgia é muito importante para uma excelente recuperação. Os curativos protegem a cicatriz e são projetados para evitar que ela seja infectada.

Portanto, o processo de cicatrização deve ser observado e monitorado, bem como revestir a ferida com lavagem das mãos e desinfecção com álcool 70% toda vez que a incisão for tocada. 

Sinais de inflamação, inchaço e dor na área da cicatriz são alertas para consultar seu médico e receber as orientações necessárias.

Os cuidados pessoais são muito importantes, por conta disso, se você ainda não sabe como se tratar e deseja aprender, comece investindo em conhecimentos por meio de cursos que oferecem Certificado de conclusão de curso.

4. Controle da dor

Podemos destacar que todo procedimento cirúrgico é um procedimento invasivo e pode causar algum desconforto na área cirúrgica. 

O controle da dor é essencial porque, em geral, desconforto persistente, febre acima de 38º C e mal-estar podem ser sinais de que a cicatrização não está indo bem e você deve consultar o seu médico. 

Analgésicos são frequentemente usados ​​para tratar a dor pós-operatória. Portanto, jamais hesite em tomar esses medicamentos, e você também deverá seguir as instruções do seu cirurgião.

5. Apostar em drenagem linfática

A drenagem linfática é muito importante para tratar complicações que podem surgir da cirurgia. 

Esta técnica remove eficazmente o fluido residual após a cirurgia, ajudando a reduzir o desconforto da área cirúrgica. 

Existem diversos benefícios, eles incluem recuperação mais rápida, fortalecimento do sistema imunológico, ajuda no combate de futuras infecções, melhora do fluxo sanguíneo, diminui a dor, redução da fibrose e eliminação de hematomas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*