Saúde bucal: por que é importante consultar o dentista periodicamente

A saúde dos dentes e gengivas possuem uma grande influência em diferentes aspectos da nossa vida cotidiana, como o ato de mastigar ou engolir os alimentos e dicção adequada. 

Além disso, vale lembrar que, também pode afetar a autoestima das pessoas e pequenos atos no dia a dia podem repercutir de maneira muito positiva na saúde oral.

Portanto, também sabemos que, seja por aparência ou por saúde, é essencial cuidar da higiene bucal, visto que a falta de higiene bucal pode acarretar em cáries, mau hálito, inflamação nas gengivas e também pode afetar facilmente a autoestima e a capacidade de comunicação. 

E por que conservar uma boa saúde bucal?

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a saúde bucal consiste na ausência de doenças e transtornos na cavidade buco dental que limitam ou repercutem direta ou indiretamente o bem-estar psicossocial.

Entre esses transtornos estão dores, infecções, câncer, feridas e até mesmo doenças periodontais, perdas de dentes ou transtornos orais. 

A OMS coloca a saúde bucal como um indicador chave para a saúde geral do ser humano, assim como a forma de avaliar e conhecer a sua qualidade de vida. 

Além disso, conservar a saúde bucal traz múltiplos benefícios, além dos relacionados com a saúde e bem-estar da boca e dos dentes, permite um melhor desenvolvimento psicológico. 

Diversos estudos mostram que uma pessoa que sabe como conservar a saúde da boca e possui um sorriso saudável, tem mais segurança, autoestima e uma grande sensação de bem estar

Perdas de peças dentárias, dentes não alinhados ou tortos, manchados por cáries ou tártaros repercutem diretamente na segurança do indivíduo, seja para falar ou para sorrir. Complexos que influem no comportamento tornando-se indivíduos retraídos e inseguros. 

Mas o que fazer para manter a boca saudável? 

Primeiramente, é essencial recorrer ao dentista preventivamente para evitar o mau hálito, aparição de cáries e dentes mal posicionados. Portanto, é muito importante visitar o dentista ao menos duas vezes ao ano com o objetivo de ter uma boca mais saudável. 

Confira os 8 hábitos necessários para manter a boca saudável:

  1. Escovar os dentes todos os dias, de preferência, três vezes ao dia, com duração de escovação de três minutos e após cada refeição, com uma escova de cerdas suaves;
  2. Troque a sua escova regularmente. A escova de dentes deve ser substituída a cada três ou quatro meses;
  3. Realize uma escovação consciente. Ao realizar a escovação, faça movimentos suaves e curtos, buscando cobrir toda a área dos dentes, incluindo a língua e gengivas;
  4. Mantenha a escova de dentes na pia. Assegure-se de enxaguar a escova de dentes após escovar os dentes, guarde-o na posição vertical, sem cobrir ou levá-lo a algum local fechado; 
  5. Tenha o hábito de usar o fio dental uma vez ao dia, pelo menos, deslizando o fio no espaço entre a gengiva e o dente. Use-o para massagear suavemente o lado do dente em um movimento para cima e para baixo;
  6. Use enxaguante bucal para proteger a boca. Além da escovação diária e do fio dental, considere usar um enxaguante que contenha flúor para promover a saúde oral;
  7. Controle no consumo de açúcar. Açúcar costuma atrair cáries. Principalmente em crianças, após o consumo de doces;
  8. Não abuse de clareamentos dentários. Podem ser úteis, visto que dão brilho aos dentes, usá-lo de maneira excessiva pode  danificar o esmalte das peças dentárias. 

Por que devo ir ao dentista?

Para ter uma boa saúde bucal, recomenda-se ir ao consultório a cada seis meses. Se há muito tempo você não faz uma visita ao dentista, reserve um espaço na sua agenda para uma consulta.

A ida semestral ao dentista tem como objetivo prevenir possíveis problemas de saúde. Nessas idas preventivas realizam-se alguns destes procedimentos básicos.

Check-up

O dentista fará uma avaliação para observar se existe algo diferente, alguma instabilidade na boca, como cáries, placa, lascas e manchas nos dentes ou lesões gengivais.

Esta avaliação tem como propósito identificar problemas iniciais, o que evita gastos e procedimentos desconfortáveis em longos tratamentos, esta verificação não permite que doenças possam evoluir sem que o paciente esteja ciente.  

Limpeza

A escovação convencional nem sempre alcança determinadas áreas da boca, os molares e outros dentes laterais ou traseiros, não são alcançados com a mesma eficiência da dentição da frente. Com o tempo, pode levar ao aumento da placa bacteriana entre a gengiva e os dentes, aumentando a possibilidade  de infecções.

A ida periódica ao dentista também é indicada para fazer uma limpeza mais profunda nos dentes, com a utilização de flúor, trabalhando com a remoção de tártaros e eliminação de manchas. 

Então, foi possível compreender a importância da prevenção para manter uma boca saudável e por que é tão importante consultar-se periodicamente com um profissional dentista?

Na Oral 360 você encontra um Programa de Prevenção completo com diferentes planos odontológicos de acordo com o seu perfil, levando em consideração as suas características, demandas e orçamento.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*