Úlceras: O que é e como tratar?

Se você é uma pessoa que se preocupa com sua saúde e deseja saber mais sobre esse mal que tem acometido muitos brasileiros, você veio ao lugar certo!

No post de hoje vamos falar das causas e de como tratar a úlcera.

O que é úlcera?

As úlceras são feridas abertas que causam muito desconforto e demoram para cicatrizar. Como se não bastasse, algumas úlceras podem voltar a aparecer mesmo após o tratamento. 

Por isso, é essencial adotar medidas para prevenir que elas surjam novamente.

Elas podem surgir em qualquer parte do corpo, e existem vários tipos de úlceras, e os sintomas podem ser variados.

As causas também depende do tipo de ferida, mas de modo geral, as úlceras se desenvolvem por alguns fatores:

  • Uma má alimentação,
  • Hábitos do uso de bebidas alcoólicas ou o cigarro,
  • Estresse,
  • Bactérias como a Helicobacter Pylori,
  • Uso em excesso de alguns medicamentos,
  • Fatores genéticos.

Também existem remédios como cytotec / misoprostol para tratar essas dores na barriga e/ou úlceras. Mas, antes de adquirir qualquer remédio, consulte o seu médico, e sempre opte por comprar misoprostol original.

Tipos de úlceras mais comuns

Antes de você ler todos os tipos de úlceras, você pode precisa estar ciente que sempre é preciso. Veja o vídeo abaixo sobre expire reviews,  que é uma das tecnicas mais fantasticas para o emagrecimento saudavel.

  • Úlceras pépticas

 

As úlceras pépticas são feridas que se desenvolvem na parede do estômago, do intestino delgado ou do esôfago. 

    1. Gástrica: úlcera no estômago;
    2. Esofágica: úlcera na parede do esôfago;

 

  • Úlcera duodenal: úlcera que surge no duodeno 
  • Úlcera venosa

 

As úlceras venosas são machucados abertos que se desenvolvem devido a danos às veias.

Nesses casos, o sangue não consegue retornar para o coração com facilidade.

As úlceras venosas podem se formar abaixo do joelho e próximo ao tornozelo, e é necessário bastante tempo para cicatrizar completamente.

 

  • Úlceras arteriais

 

As úlceras arteriais ou isquêmicas também são feridas abertas que se desenvolvem em locais como o tornozelo, os pés, os dedos e nos calcanhares.

De fato, o fluxo sanguíneo de forma inadequada, prejudica as artérias e causa as úlceras arteriais. 

Algumas podem demorar bastante tempo para cicatrizar por completo, por isso, exige muita paciência e cuidado.

 

  • Úlceras na pele

 

Úlceras na pele ou escaras, geralmente afetam pacientes com baixa mobilidade ou pessoas com necessidades especiais.

Elas são como machucados na pele que se surgem devido à falta de movimento. 

Por exemplo, pessoas que usam cadeiras de rodas, podem sofrer esse tipo de lesão na pele.

 

  • Úlceras na boca

 

Com certeza você já ouviu falar das famosas aftas na boca, na língua ou garganta, essas são exemplos claros de úlceras na boca. 

A boa notícia é que da mesma maneira que elas surgem do nada, elas desaparecem.

Esse tipo de úlcera não demora muito tempo para sumir, levam cerca de

uma semana para cicatrizar completamente e não precisam de tratamento na maioria dos casos.

 

  • Úlceras genitais

 

As úlceras genitais, como o nome já diz, surgem na região genital. 

As doenças sexualmente transmissíveis são as principais causas desse tipo de úlcera.

Entretanto, as úlceras genitais podem ocorrer como resultado de algum trauma, inflamação ou reações alérgicas.

Como é o tratamento para úlceras?

O tratamento da úlcera vai depender do tipo de úlcera que você desenvolveu.

 

  • Remédios

 

Antibióticos como a amoxicilina, é um dos mais recomendados pelos médicos para combater a úlcera bacteriana.

    • Cimetidina, diminui a secreção de ácido no organismo;
    • Escopolamina (Buscopan), ajuda no alívio da dor;
    • O meprazol protege o revestimento do estômago e do duodeno, diminuindo a produção de ácidos.

 

  • Alimentação saudável

 

Uma alimentação balanceada, por exemplo, ajuda a regular a acidez no organismo. 

Além disso, ajuda no tratamento e na prevenção de úlceras pépticas.

De fato, uma alimentação adequada, rica em nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo evita infecções que podem provocar úlcera e outras doenças.

 

  • Estilo de vida

 

Além de uma mudança na alimentação, outros hábitos ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo:

  • Procure mudar de posição durante o dia,
  • Pratique atividade física,
  • Mantenha as pernas elevadas por alguns minutos no final do dia,
  • Use meias de compressão,
  • Beber no mínimo 2 litros de água por dia,
  • Diminua o consumo de sal e açúcar.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*